.mais sobre mim

Envia-me um e-mail

.pesquisar

 

.posts recentes

. Garrano

. Urso pardo

. Hamster

. O coelho

. Os Golfinhos

. Carta ao Verdinho - Escol...

. PATO-REAL

. A LONTRA

. O GANSO

. Melro-metálico

.arquivos

. Junho 2012

. Maio 2012

. Março 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

.tags

. todas as tags

.links

.subscrever feeds

|ESPAÇO CRIANÇA| |DICAS VERDES| |DIAS AMBIENTAIS| |ANIMAIS|

|PLANTAS| |AMBIENTE| |HISTÓRIAS E JOGOS| |SONDAGENS|
Quinta-feira, 28 de Outubro de 2010

Parque Zoológico de Lagos

 

O Parque Zoológico de Lagos “nasceu” no ano 2000, no Sítio do Medronhal, na freguesia de Barão de S. João, concelho de Lagos.

 

Este espaço beneficia as áreas verdes assim como o bem-estar dos seus variados “habitantes”. Espalhado por uma área de 3 hectares, onde pode encontrar mais de 140 espécies animais, maioritariamente aves e mamíferos e, mais de 200 espécies botânicas, representativas dos 5 continentes.

 

Este parque possui instalações temáticas e instalações onde é recriado o habitat natural das espécies. Tem, também, uma Quinta Pedagógica, onde é beneficiado o contacto com os animais e, onde há possibilidade de os mesmos serem alimentados pelos visitantes.

Facilidades existentes no Zoo: snack-bar, parque de merendas e parques infantis.

Na ilha dos primatas é possível assistir à alimentação destes, dos pelicanos e corvos marinhos.

 

O Zoo de Lagos trabalha para a conservação, protecção e educação, desenvolvendo conteúdos educativos adequados às diferentes faixas etárias. Procede à sensibilização ambiental, pelo que ao longo de todo o percurso no parque é possível encontrar informação disponível.

Realiza ainda festas de aniversário repletas de diversão.

 

Está aberto todos os dias, inclusive feriados.

Das 10h às 17h, de 01 de Outubro a 31 de Março e das 10h às 19h, de 01 de Abril a 30 Setembro.

 

 Podes ganhar um bilhete para o Zoo de Lagos! Sabe mais em:

 

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 13:09
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 22 de Outubro de 2010

Teatro de Fantoches - O PIQUENIQUE DO VERDINHO

publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 13:30
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Outubro de 2010

Workshop de Pinturas Faciais e Modelagem de Balões

 

Mais informações em http://www.natureza-brincalhona.pt/index.php?menu=workshops

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 10:41
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

Animal do mês Outubro do PBSL

Muflão

(Ovis ammon)

 

 

É um “carneiro selvagem” e considerado o maior ovino conhecido.

 

Apresenta uma pelagem em tons de castanho-avermelhado que vai escurecendo consoante a idade do animal, e uma lista preta lateral. De cada lado do dorso tem uma mancha branca. Os machos apresentam cornos recurvados e podem atingir os 1,20m de tamanho. Sendo herbívoro, a sua dieta alimentar é composta por plantas herbáceas e frutos silvestres. É uma espécie poligâmica em que o macho dominante pode acasalar com diversas fêmeas, constituindo assim um harém. Reproduzem-se geralmente entre Setembro e Novembro, em que os machos lutam entre si pelas fêmeas. A caça ao muflão é bastante apreciada devido ao seu respeitável troféu.

 

Visite as fotografias expostas no Centro de Informação do Parque, são de animais presentes no Parque Biológico da Serra da Lousã. De realçar que existem neste Parque 5 espécimes, um macho, duas fêmeas e duas crias que já nasceram aqui no Parque.

 

Conteúdo desenvolvido por:


QUINTA DA PAIVA
Parque Biológico da Serra da Lousã

3220-154 Miranda do Corvo
Telef. 239 538 444
Tlm. 915 361 527

Visite-nos em:
www.parquebiologicodaserradalousa.net / www.adfp.pt

Espaços visitáveis do parque: Centro Hípico, Quinta Pedagógica, Labirinto de Árvores de Fruto, Parque Selvagem, Museu da Tanoaria e Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais.

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 16:00
link do post | comentar | favorito

PARQUE BIOLÓGICO DA SERRA DA LOUSÃ

 

Zoo de Vida Selvagem Nacional, Quinta Pedagógica de Raças Portuguesas com Centro Hípico, Labirinto de Árvores de Fruto – único no Mundo, Roseiral, Museu Vivo de Artes e Ofícios Tradicionais com oficina de artesanato e loja de venda, Ecomuseu, Museu da Tanoaria e Restaurante Museu da Chanfana. E para breve a construção do Museu de Miranda …

 

Um espaço natural agrícola e florestal, atravessado pelo rio Dueça, que revela um conjunto de ecossistemas e uma biodiversidade que constituem um cenário idílico a uma aula de biologia/ecologia in situ.

 

São 29 raças de 16 espécies na Quinta Pedagógica… Zoo de Vida Selvagem com 40 raças de 39 espécies… Flora com 105 espécies identificadas.

 

 

 

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 15:50
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 1 de Outubro de 2010

Cabra Preta de Montesinho

 

Nome Comum: Cabra Preta de Montesinho

 

Nome Científico: Capra aegagrus

 

Descrição da Raça:

Aspecto geral: São animais de estatura mediana, fenotipicamente homogéneos, de cor preta a castanha muito escura, com pêlos curtos, lisos e muitas vezes brilhantes.

Cabeça: Média, comprida, de perfil rectilíneo, focinho fino, boca pequena e lábios finos; orelhas compridas semipendentes, cornos pequenos dirigidos para trás, com hastes paralelas ou ligeiramente divergentes. Bastantes exemplares inermes. Barba predominante nos machos.

Tronco: Pescoço comprido, mal musculado, bordos rectilíneos com ou sem brincos; linha dorso lombar quase direita; garupa descaída; cauda curta; tronco ligeiramente arqueado, úbere bem desenvolvido de mamas cónicas, com tetos grandes.

Membros: finos, resistentes, com unhas pequenas e rijas.

 

 

Sistemas de produção:

Animais de grande porte e boa capacidade leiteira criados em número muito reduzido perto da habitação.

Animais de menor corpulência, criados em rebanhos, por vezes comunitários, que em pastoreio de percurso obtêm alimento nas zonas mais elevadas e pobres.

Pequenos núcleos integrados em rebanhos de ovinos essencialmente pela sua capacidade leiteira.

 

 

Morada:

Trás-os-Montes, nomeadamente nos concelhos de Vinhais e Bragança.

 

Curiosidades:

Quanto ao nível de ameaça de extinção, esta raça está classificada como rara, uma vez que o seu efectivo é muito reduzido, existindo apenas poucas centenas de animais, em 10 criadores da raça.

O seu reconhecimento como raça nacional e a criação do registo zootécnico só foi instituído em 2010, tendo sido o Parque Biológico de Vinhais o primeiro criador a aderir ao registo.

 

Bibliografia:

Regulamento do Registo Zootécnico da Raça Caprina Preta de Montesinho.

 

Conteúdo desenvolvido por:

www.parquebiologicodevinhais.com

tags:
publicado por verdinho_naturezabrincalhona às 19:14
link do post | comentar | favorito